A Serva do Império (A Saga do Império #02) por Raymond E. Feist & Janny Wurst

20:20


Atualmente, se você me perguntasse: Qual personagem você gostaria de ser? Eu diria sem titubear: Mara, a Senhora dos Acoma.

- Se pudesse, não salvaria seu irmão e seu pai?
Mara balançou a cabeça.
- Não mais. O mais triste de tudo é saber disso, meu querido. Pois se alterasse meu sofrido passado, nunca teria Ayaki ou o amor que partilho com você. - Por trás dos olhos dela havia outras constatações sombrias: nunca teria governado e, dessa forma, nunca teria conhecido o viciante fascínio que encontrara no poder do Grande Jogo. 

Pois então meus caros leitores, após o decorrer de um longo tempo, cerca de um ano, retornei a A Saga do Império. Após a chega do terceiro e último livro da saga, A Senhora do Império, tratei de dar um basta para a minha sucessiva onda de livros com menos de 500 páginas e mergulhei de encontro as mais de 700 páginas do livro A Serva do Império. Tal como o primeiro (você pode ler a resenha aqui) foi uma excelente escolha, mais uma vez. Ei, para você que não leu o primeiro livro, não esquenta que aqui não vai ter spoiler, pode acompanhar a resenha do segundo tranquilamente, meu objetivo é fazer com que você leia esses livros, afinal de contas, na minha humilde opinião, eles são muito bons!



Na Era Girlpower, considero Mara uma das rainhas! Afinal, ela mostra que algumas mocinhas não precisam ser necessariamente guerreiras de espadas e chutando bundas de forma masculina, para representarem a força feminina. Mara dos Acoma tem alma de governante, é uma estrategista de mão cheia, que tenta a todo custo restaurar a honra de sua família e levar seu nome a patamares da política jamais alcançados pelo homens de sua Casa. Mas, para isso ela precisa proteger sua família e enfrentar inimigos políticos sedentos por sangue, que estão dispostos se vingarem a qualquer custo.

Por diversas vezes ela precisou colocar suas vontades de lado, pôs-se em situações degradantes, para enfim chegar onde a encontramos no início do segundo livro. Não se engane, a jornada da protagonista é longa, principalmente agora no momento em que começa a ser posta para rever as tradições de seu povo, semelhante em parte com a cultura asiática e indiana, e suas próprias convicções. Tudo isso através da atraente figura de um escravo do reino estrangeiro Midkemia, Kevin. E nós que pensávamos sobre a falta de romance do primeiro livro, rá! Mas, não pense que esse romance pode fazer com que o livro decaía alguns patamares no seu conceito, ele está lá para agregar a história, somos levado a discutir os conceitos de honra e justiça, encarar um realidade que pouco conhecíamos das tradições tsunari, tais como a pobreza e escravidão. Isso através dos olhos de alguém, que como nós, é um estrangeiro em uma terra estranha. Ah, antes que me esqueça, o romance é algumas facadas a mais no coração do leitor rsrs...

- Desejamos a presença de Keyoke entre nós porque o amamos.
A expressão crítica do Sacerdote deu lugar a um sorriso de espanto, mas apaziguador.
- Minha Senhora respondeu bem e sabiamente. O amor por si só, é capaz de cura, não a honra, nem a necessidade, nem o dever. Hantukama responderá o chamado apenas pelo amor e oferecerá ao seu guerreiro a força para viver.

Como eu disse, o romance não é tudo, somos levados a conhecer mais de perto a corte dos Tsunari que está passando por uma forte desestabilização em seu poder, em decorrência das diversas intrigas familiares e traições. Iniciando assim, uma série de conflitos sangrentos, pondo em risco diversas famílias, inclusive as que estão no poder.

Enfim, temos de tudo aqui em A Serva do Império, foram 745 páginas de muitos jogos de poder, política, religião, conflitos, ação, romance, honra, justiça, vingança, um toque de magia e muito mais. Torci, vibrei, esperneei, meus olhos suaram, enfim... Recomendo esse livro de olhos fechados para muitas pessoas. Você que é fã de fantasia precisa ler esse livro, ele foi feito para nos agradar. Se você quiser ser introduzido nesse universo, tem curiosidade de saber o que tanto atraía os leitores de fantasia, também precisa dar uma conferida. Bom, esse livro está entre os meus favoritos!


Obrigada Editora Arqueiro pelo envio do exemplar!
Adquira o livro: Amazon

You Might Also Like

0 comentários