A Guardiã de Histórias escrito por Victoria Schwab

19:44


Senhoras e senhores, finalmente as histórias de Victoria Schwab começam a chegar nas nossas estantes em português para nós pobres mortais que entendemos bulhufas de inglês. Confesso que, por um tempo achei que meu primeiro contato com a autora seria pela obra Vicious ou A Darker Shade of Magic, mas quando vi A Guardiã de Histórias entre os lançamentos de abril do selo Bertrand Brasil, não exitei um instante em solicitar para resenhar aqui no blog.

- Eu patrulho os estreitos - diz.
- Eu caço Histórias - digo.
- Eu as devolvo para o arquivo.
Vira um jogo sussurrado e ofegante.
- Escondo quem eu sou.
- Luto com os mortos.
- Minto para os vivos.
- Estou só.

Em Guardiã de Histórias estamos diante do universo de Mackenzie Bishop, ou apenas Mac, uma garota de dezesseis anos a serviço do Arquivo, lugar guardado por Bibliotecários, onde os mortos são chamados de Histórias e repousam em prateleiras como se fossem livros, um lugar responsável por proteger o passado e o conhecimento. Ocorre que, uma vez ou outra, determinadas Histórias despertam e fogem do Arquivo, onde acabam parando nos Estreitos, um lugarzinho cheio de corredores e portas para diversos lugares entre o aqui e o lá, guardado pelos Guardiães.


Mac se tornou uma Guardiã aos 12 anos, sob a tutela do seu falecido avô, e é através das lembranças dela que vamos conhecendo mais sobre o mundo dos Guardiões e dos Bibliotecários. Sem dúvidas o que me atraiu no livro foi toda essa mitologia criada pela autora, é diferente, novo e vai inserindo o leitor nesse cenário aos poucos. Então, se você se sentir um pouco confuso no início, calma e segue em frente que você terá as respostas para suas perguntas.

- O Arquivo precisa de funcionários - diz ela. - Guardiões são sempre necessários nos Estreitos. Equipes são sempre necessárias no Exterior. E Bibliotecários são sempre necessários no Arquivo. É uma escolha, Mackenzie, saiba disso. É apenas uma questão de quando a escolha é oferecida.

A história começa em um ponto delicado na vida de Mac, o que deu um toque de profundidade interessante ao enredo, pois a personagem acabou de perder o irmão mais novo e sua família está tentando a passos lentos se estruturar novamente em um novo lugar. Devo mencionar que talvez esse seja o primeiro jovem adulto que eu pego onde a presença dos pais de um protagonista é mais constante e não um fato meramente introdutório. Mas, voltando, o novo lar de Mac não é tão novo assim, na verdade é um antigo hotel que depois de muitos anos e segredos, tornou-se um prédio residencial.

Não sei se passou pela cabeça de vocês, mas um lugar assim é cheio de história (dá para entender o trocadilho?), motivo pelo qual Mac vai ter muito trabalho para fazer, principalmente quando um número significativo de Histórias passa a despertar nos Arquivos. Então, alguém tem que limpar essa bagunça e não preciso dizer quem.


Enfim, gostei muito de A Guardiã de Histórias, foi um livro que cumpriu com todas as minhas expectativas, mesmo que tenha rolado um quase triângulo amoroso. Apesar de ser o primeiro livro de uma trilogia, sem previsão de lançamento do terceiro livro (como assim?), Victoria Schwab fechou o livro certinho, e espero conferir em breve a continuação para conhecer ainda mais os segredos do Arquivo.


Muito obrigada Bertrand Brasil e o pessoal do Grupo Editorial Record pelo envio do exemplar!

Confira o blog em outras redes sociais:
Instagram /// Twitter /// Facebook /// Bloglovin /// Goodreads /// Skoob

You Might Also Like

6 comentários

  1. Oi!!
    Eu vi a capa desse livro na livraria e chamou a minha atenção, mas nem peguei para ler a resenha com receio de acabar colocando mais um na lista de leitura.
    Nossa eu não imaginava sobre o que o livro tratava e agora estou arrependida de não ter lido a sinopse e comprado :(
    Eu só fiquei com medo de me sentir perdida já que o livro mostra o presente e o passado através de memórias, mas pelo visto a leitura é envolvente e estou muito curiosa para conhecer Mackenzie.
    Soube que é uma trilogia, isso é bom, já sei que não é aquelas séries imensas.
    Beijão!

    ResponderExcluir

  2. Oi, como vai?
    Já li inúmeras resenhas sobre o livro, e me pareceinteressante. Fico feliz em saber que você curtiu a leitura. Já o tenho na minha lista de leituras. De qualquer maneira, obrigada pelas dicas. Obrigada pela dica!

    http://www.cristinadeutsch.org...

    Saudações literárias.

    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá; pelos comentários que já vi e pela expectativa pelo lançamento dele, A guardiã de histórias parece ser um livro muito bom, apesar de a premissa me parecer bem louca a princípio, só lendo para saber, né? Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  4. Oi, como via? Já ouvi falar do livro e gostei muito da premissa, realmente é algo completamente diferente do convencional. Quero ler logo e ver o que acho da história, apesar de ter quase certeza que é ótima.
    Um abraço.
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
  5. Oie
    tenho lido muitas resenhas do livro e parece ser bem legal, espero poder ler em breve e curtir bastante, é uma ótima dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. A premissa do livro é bem diferente e instigante, ele está na minha lista de leituras! As fotos ficaram lindas, parabéns! Bjs

    ResponderExcluir